Categorias
Decoração de Varandas Dicas

Varanda gourmet: nova sensação dos apartamentos

Morar em apartamento e receber amigos para uma reunião descontraída ou um churrasco no fim de semana sempre foram duas coisas bem difíceis de conciliar. A boa notícia é que essa situação ficou no passado com o crescimento das varandas gourmet – indispensáveis nos novos projetos de decoração.

Embora pequenos, esses espaços podem ganhar churrasqueiras, pias e até mesmo uma pequena área de estar, com móveis estrategicamente posicionados. Com jeitinho, é possível ampliar a área social do apartamento e ter sua própria varanda gourmet sem nenhum quebra-quebra, veja as dicas:

Longevidade aos móveis – Mesmo que a varanda seja coberta, é praticamente impossível escapar das intempéries como o sol e a chuva. Por isso, invista em móveis próprios para áreas externas, a exemplo das madeiras revestidas, inox e alumínio.

Praticidade e funcionalidade – Prefira móveis “mil e uma utilidades”, ou seja, aqueles com vários compartimentos ou gavetas que possam armazenar todos os produtos. As paredes podem ajudar nessa tarefa, abuse de prateleiras e nichos que, além de funcionais, são ótimos para a decoração em si.

Tipo de material – Entre os inúmeros modelos de mobiliários, fique atento aos materiais que compõem cada objeto. O ideal é que a pia, por exemplo, seja de mármore para facilitar sua higienização. Outra dica importante é quanto às cadeiras e bancos: prefira sempre os que têm estofamento sintético ou acabamento rústico, pois não correm o risco de ficarem com cheiro de fumaça.

Independente do tamanho disponível, abuse de diferentes elementos para decorar sua varanda gourmet. Brinque com plantas, mobílias e cores para deixar o ambiente ainda mais leve e moderno.

Categorias
Decoração de cozinhas Decoração de Home Office Decoração de Quartos Decoração de Salas de Estar Decoração Est. de Trabalho Decoração Hall de Entrada Decoração Salas de Jantar

Antes e depois: Do escuro e decadente para um espaço amplo e cheio de luz!

A EO Arquitetura’s apresenta a reforma de um apartamento localizado em um bairro de Barcelona cada vez mais revitalizado. Combinando elementos tradicionais restaurados e novos materiais, o objetivo do projeto foi abrir o espaço e deixar a luz entrar.

Segundo os arquitetos, originalmente o apartamento apresentava uma imagem decadente e escura, devido à excessiva subdivisão de quartos. “O pátio era muito estreito e mal recebia luz. Exceto pelos dois quartos próximos à fachada principal, o apartamento era pouco iluminado pela luz natural”, explica.

O principal objetivo foi conseguir o máximo de iluminação aproveitando da luz natural no apartamento. A distribuição dos cômodos foi simplificada para obter espaços grandes e abertos que multiplicassem a luz. “O resultado é uma sucessão linear de três grandes espaços de proporções diferentes, associados à estrutura das paredes. Cada espaço tem um uso específico com sua própria identidade (sala de estar/cozinha/sala de jantar/quarto) e as aberturas entre eles permitem maior liberdade de relacionamento”, destaca o arquiteto.

As únicas divisórias que não foram demolidas são as do corredor, que geram os espaços de serviço para o apartamento anexado ao pátio. Eles estão localizados entre os espaços do dia e da noite, a fim de dar mais privacidade. As estruturas do edifício, por sua vez, são paredes de carga paralelas à fachada com poucas aberturas que escureceram o resto do apartamento. “Percebemos uma grande abertura em um dos muros intermediários aproveitando as duas portas existentes, a fim de melhorar o fluxo luminoso e espacial”, comenta.

As antigas carpintarias, molduras de teto e elementos tradicionais foram restaurados. Já os novos materiais, como os feixes metálicos utilizados para as aberturas das paredes, estão expostos para enfatizar a distribuição anterior. Tanto os materiais restaurados quanto os novos foram pintados de branco, o que melhorou a luz natural e deu ao apartamento uma atmosfera homogênea e atemporal.

O piso de madeira de carvalho natural confere textura e calor, agindo como um tapete contínuo que unifica os espaços e pontua a construção do mobiliário.

Dados do projeto: Arquiteto: Adrian Elizalde | Colaborador: Clara Ocana | Cliente: Alan | Localização: Comte Borrell, Barcelona | Projeto: março 2015-outubro 2015 | Superfície: 65 m2 | Construtor: Forneas Guida.

Categorias
Decoração de Casas Notícias

Um apartamento com espaços inteligentes

Este típico apartamento do final do século 19 em Barcelona foi recentemente reformado pela empresa Miel Architects.

Apartamento após a reforma

Um dos principais problemas era o espaço reduzido e a quantidade de coisas a serem armazenadas. A solução? Criar nichos e outros espaços inteligentes.

Nichos e espaços inteligentes para armazenamento

Aqui a escada recebe CDs, livros e outros objetos. Mas não é só. Ela ainda esconde o closet:

Escada esconde closet

Na cozinha, nicho abriga a geladeira…

Nicho na cozinha abriga a geladeira

…e pé-direito alto abriga um mezanino

Cozinha com mezanino

que se estende pelo corredor de acesso ao quarto.

CorredorBagunça nunca mais!

Imagens: Digsdigs

Categorias
Decoração de Casas Decoração de Sacadas Decoração de Varandas

Jardins sobre laje, em varandas ou em sacadas

Associado ao fato dos apartamentos serem cada vez mais opção de moradia nas grandes cidades, em função de custos, segurança etc, o jardim sobre lajes é muitas vezes a maneira de conciliar as vantagens de morar em um apartamento com jardim.

Os paisagistas se vêm em uma situação delicada: o cliente imaginou um jardim com árvores, palmeiras e muito verde, mas o que existe são floreiras tipo caixa, com profundidade de 40 cm que após a camada de drenagem ficará com 30 cm.

O Fato de só se poder utilizar plantas tipo forração é frustrante tanto para o cliente quanto ao profissional que não pode atendê-lo. Mas para que um jardim sobre laje possa acontecer, o paisagista deve ser contratado antes mesmo do projeto estrutural.

Grandes áreas de terra (horizontal) permitem o melhor desenvolvimento das plantas, mesmo que estejam correndo embaixo de pisos, porém esta terra deve ser computada no cálculo estrutural. Há ainda as cargas pontuais quando forem utilizadas plantas de grande porte.

Para estas, a altura da laje deve ser em torno de um metro, sendo que algumas plantas podem chegar a mais de duas toneladas de peso. Além da questão estrutural, outro quesito é a impermeabilização. Normalmente as plantas são as vilãs. Sem dúvida todo cuidado é pouco, mas é plenamente possível.

Com certeza o custo de um jardim sobre laje é maior que um jardim comum, mas temos um beneficio muito grande em relação ao conforto térmico e aproveitamento de áreas impermeabilizadas, além, é claro, de oferecermos ao “cliente” um importante diferencial na hora de decidir sobre qual imóvel comprar: com ou sem o sonho de um jardim.

Categorias
Decoração Hall de Entrada

Dicas para Decoração do Hall de Entrada

“A primeira impressão.. é a que fica!”

O Hall de entrada da casa ou do apartamento, embora não presente atualmente em algumas residências, têm função importante e deveria ser acrescentado na medida do possível. Ele deve gerar a primeira impressão da casa, moradores e da forma e estilo que ali são vividos, portanto devemos dar a esse ambiente a mesma atenção que se dá ao restante da casa.

O Hall de entrada é o local de espera, recepção e despedida

Como em qualquer outro cômodo, também existem peças básicas para o hall de entrada: mesa, banco, recipiente para colocar chaves e dinheiro, espelho, cabides, bengaleiro, suporte para guarda-chuvas, candeeiro, tapete, sapateira, entre outros. Mas o Hall de entrada pode ou não precisar de todos estes elementos, depende da funcionalidade e do ambiente que você quer criar, o importante é não esquecer os acessórios, porque um hall de entrada fica ainda mais interessante com alguns apontamentos de cor e de design, seja em forma de têxteis, peças em vidro, aço ou estanho, iluminação, livros, relógios, plantas ou flores frescas.

Acima de tudo, é fundamental que o hall de entrada passe a mensagem de: “bem-vindo” ou “volte rápido”, cada vez que você ou alguma visita chegar.

Seja o hall de entrada grande ou pequeno, não é difícil decorá-lo e sempre é bom pensar que integrá-lo ao estilo de toda a casa é a maneira mais simples de conseguir um bom resultado.

Algumas soluções são ideais para halls

Use poucas peças, sobretudo se o seu hall de entrada for pequeno. Neste caso, paredes com tons mais marcantes, espelhos (que dão a chance de uma última checada no visual antes de entrar ou sair), ou telas e uma iluminação suave e pontual, vão valorizar e destacar a sua decoração. Também para valorizar as paredes, o papel, a palha, o tecido e a textura causam um grande efeito.

Como a área do hall de entrada normalmente é pequena, vale a pena investir no piso e no rodapé. Vasos altos apoiados no chão podem ser usados com um pouco de sal grosso especialmente por aqueles mais supersticiosos. Em espaços maiores, cadeiras, aparadores ou consoles com velas, cestos e esculturas ajudam a criar belos e agradáveis ambientes.

Em regiões muito frias o hall de entrada deve ser composto de forma a preservar o calor do ambiente. Ao contrário de regiões muito quentes, onde deve permitir arejamento e frescor aos ambientes adjacentes.

É importante sempre se lembrar de alguns aspectos ao se pensar na decoração dos ambientes de uma casa, pois a região em que ela se situa pode fazer a diferença na definição de suas funcionalidades. O mesmo acontece para o Hall de entrada. De qualquer forma, seus propósitos sensoriais, estéticos e de identificação com os moradores devem ser preservados em qualquer que seja a circunstância.

Categorias
Decoração de Sacadas Decoração de Varandas

Sacadas: pouco espaço, muita criatividade!

Todo apartamento tem uma área que pode ser seu refúgio casual. Neste caso a sacada é essencial para descontrair, observar, ler um livro, colocar a conversa em dia com os amigos e para aqueles que são fumantes uma área de prazer.

As sacadas, quando integradas ao living, melhoram a iluminação de todo o espaço. A luz natural é saudável e possibilita conforto aos moradores durante o dia. O vidro, na fachada e nas portas entre a sacada e o living, é a solução ideal para quem quer aproveitar a luz solar.

Para a noite, o projeto luminotécnico deve ser baseado no uso que os moradores farão da sacada e na função que a iluminação terá, se de apoio ou somente decorativa. Cada sacada comporta um perfil de iluminação diferente, levando-se em conta a posição de insolação e as edificações ao redor, mas o que vale mesmo é valorizar esse ambiente que pode se tornar o xodó da casa.

A sacada não precisa ter grandes espaços, basta você observar os melhores pontos para colocar os móveis. Os móveis devem estar dispostos em locais e facilitem a passagem, aproveitando tanto o espaço para o visual externo quanto ficar simplesmente descansando em um ambiente confortável.

Como deixar a sacada com clima de jardim
Na parede, o painel feito de sarrafos de madeira dá o tom! Pendure vasinhos com seus temperos prediletos plantados e tenha sua própria horta em casa. Plantas que crescem e se esparramam, como o brinco-de-princesa, deixam a varanda linda!

Quanto mais clara a madeira dos móveis da sacada, melhor. Como o espaço costuma ser pequeno, você não pode correr o risco de que ele pareça entulhado. Uma boa maneira de ganhar privacidade na sacada unida à do vizinho é instalar uma divisória de plástico que além de discreta e neutra, ela se integra à decoração.

Nos dias quentes do verão as sacadas tornam-se os ambientes preferidos e ocupados do apartamento, ou mesmo uma casa que ofereça uma visão privilegiada, principalmente voltada para qualquer parte relacionada a natureza, como grandes represas, praia ou mesmo para uma área verde, ou seja o ser humano é muito voltado para apreciar a natureza. E nada melhor do que relaxar numa sacada com móveis confortáveis e um toque totalmente diferenciado.

O mercado oferece inúmeras opções em relação a este tipo de decoração geralmente se preocupando principalmente com as acomodações e ganhando o melhor espaço possível, dependendo das suas possibilidade o melhor mesmo é contratar um decorador, ou seja conhecedor no assunto.

Mas se o dinheiro estiver meio curto na internet com certeza você irá encontrar muitas opções voltadas para esta finalidade, nada muito complicado.

O mais importante na decoração de sacadas é: quanto menos espaço ocupar mais pessoas desfrutarão desta linda visão que sua casa ou mesmo seu apartamento oferece, com um pouco de criatividade você ira se organizar neste seguimento.