Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, string given in /home/dicasdedecoracao.net.br/www/wp-content/plugins/wordpress-mobile-pack/frontend/sections/show-rel.php on line 37

Normas técnicas para portas automáticas




Porta automáticas: vários itens atestam a qualidade do produto

Objetivo é estabelecer requisitos mínimos de segurança para utilização do produto

Antes de adquirir uma porta automática é importante levar em consideração a velocidade de abertura, considerando o número de manobras realizadas por dia, as opções de operações, a manutenção do equipamento, e não esquecer de verificar se os controles de parâmetros podem ser feito pelo próprio usuário.

Estes cuidados devem ser tomados para não se ter aborrecimentos com o produto e para evitar problemas com a qualidade do produto. O setor vem discutindo a criação de normas técnicas para portas automáticas desde outubro do ano passado, quando foi criada a Comissão de Estudo Especial Temporária de Portas Automáticas, secretariada pelo Comitê Brasileiro de Vidros Planos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT/CB 37), desde então foram realizadas diversas reuniões envolvendo fabricantes, empresários, entidades e consumidores.

Segundo Silvio Ricardo Bueno de Carvalho, coordenador de normalização do ABNT/CB37, é preciso estabelecer requisitos mínimos de segurança para a utilização de portas automáticas.

Responsáveis por estabelecer padrões e políticas de atividades que visam fazer com que as instituições alcancem níveis de qualidade superiores, as normas buscam facilitar o intercâmbio comercial entre os diferentes países.

Para Pedro Paulo Skrobot, diretor da Manusa Portas Automáticas, a normalização evita que produtos de baixa qualidade entrem no mercado, garantindo a segurança do consumidor. Segundo Skrobot, a empresa já oferece portas com mecanismos de alta sofisticação técnica e possuem várias configurações e modelos.

Estes produtos são acionados por radares detectores de movimento controlados por um circuito microprocessador constituído de células fotoelétricas. Além disso, possuem um seletor multifuncional que comanda seis opções de operação e permite ao usuário regular a velocidade de abertura e de fechamento da porta.

No Brasil, a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e o INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) são as instituições responsáveis pela melhoria da qualidade de produtos e serviços, fornecendo a base necessária para o desenvolvimento tecnológico do país.

Ambos procuram padronizar os procedimentos, criando normas técnicas. O que muitos não sabem é que as aplicações dessas normas são obrigatórias por lei. Segundo o Código de Defesa do Consumidor, é considerada prática abusiva colocar no mercado de consumo qualquer produto ou serviço em desacordo com as normas expedidas pelos órgãos oficiais competentes ou, se normas específicas não existirem, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas ou outra entidade credenciada pelo CONMETRO (Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial).

Fonte: Construção & Cia


Gostou desse artigo, vote:

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Sem votos)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *